Brincar é aprender através da ação, um trabalho que as crianças levam muito a sério. No brincar encontram-se as fundações da imaginação, criatividade, resolução de problemas, entre-ajuda, partilha, pensamento criativo entre outros… É nossa convicção que o jardim-de-infância deve oferecer às crianças um vasto leque de oportunidades de brincar a fazer de conta e de trabalhar em atividades reais relacionadas com o mundo dos adultos que as crianças por natureza procuram imitar. É assim que as capacidades motoras e cognitivas se vão desenvolvendo ao ritmo próprio da criança. Procuramos rodear as crianças de verdade, e é por isso que todos os materiais que usamos para brincar provem da natureza (lãs, madeiras, cera de abelha, seda, algodão), queremos que desenvolvam sensibilidade táctil e visual que os fará apreciar as maravilhas da natureza, ao mesmo tempo que estimulam a criatividade de forma saudável.

IMG_3722

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“O Brincar da criança é a manifestação mais
profunda do impulso que conduz ao fazer,
sendo que neste fazer, o homem tem a
sua verdadeira essência humana.
Não seria possível imaginar uma criança
que não desejasse ser ativa, como o é
quando brinca, pois o brincar representa a
liberação de uma atividade que deseja se
libertar do cerne do ser humano.”
Rudolf Steiner